E-mail: contato@clubepets.com.br

Blog

02/02/2022

Como prevenir vermes em cães?

vermes em cães1

Já ouviu falar sobre vermes em cães? Aliás, o seu cãozinho já tomou remédio para vermes? Sabe quais os perigos que a verminose pode causar em cães? Os tutores precisam estar atentos a qualquer sintoma desses parasitas nos cachorros e cuidar do calendário de vermifugação e vacinas, para saber de quanto em quanto tempo é necessário dar remédios e levá-los ao veterinário.

Na nossa rotina, é comum que os nossos animais de estimação entrem em contato com ambientes e outros cachorros, o que pode acabar transmitindo doenças aos nossos pets, então fique atento aos sintomas e saiba como identificar e prevenir os vermes em cães!

Segundo o artigo “Incidência de verminose em cães e gatos no município de Bauru”, foi feito um estudo no Centro de Controle de Zoonoses sobre a vermifugação em cães, verificou-se que 66,7% da população de cães e gatos (total 177) que participaram da pesquisa foram vermífugos e 33,3% não. Esse número demonstra como muitos tutores não dão a devida atenção ao assunto, que se torna muito recorrente no contato entre pet e humano.

Pela rapidez da manifestação dos vermes, é necessário estar sempre atento aos sinais de mal-estar em nossos companheiros, além de ficar em dia com vacinas e vermífugos e ter o acompanhamento com o médico veterinário.

O que são vermes em cães?

As verminoses em cães é um assunto muito comum nos consultórios veterinários e no início da convivência entre os tutores e pets. A transmissão de doenças entre cães e interespécies é algo que pode ser controlado, em certa medida.

Por exemplo, a verminose é parasita zoonose helmintos, com 5 gêneros: Ancylostoma, Toxocara, Trichuris, Spirocerca, Physalopterae e 5 protozoários: Sarcocystis, Giardia, Cystoisospora, Cryptosporidium, Hammondia-Neospor.

Os vermes são divididos, ainda, como:

  • Vermes intestinais: vermes céstodos/chatos, ou seja, seu corpo é divido em segmento e achatado, sendo o verme mais conhecido a tênia, os ganchudos e o verme chicote. Esses vermes grudam na parede do intestino e alimentam-se de sangue, já que conseguem atravessar a pele e alcançar o organismo. A espécie mais comum é Dipylidium caninum transmitida por pulgas, a transmissão entre cão e humano pode acontecer.
  • Vermes pulmonares: vermes que entram diretamente ao pulmão ou locomovem-se até o sistema respiratório ao longo do ciclo. O mais comum é Angiostrongylus vasorum, transmitido pelo contato com lesmas e caracóis;
  • Verme do coração: esses vermes podem habitar intestino, pulmão e o coração, e são transmitidas por picada de mosquito! São agravantes para os pets, já que podem habitar no ventrículo direito do coração e nas artérias pulmonares. O mais comum dentre os vermes é a Dirofilaria immitis;
  • Vermes oculares: os vermes alcançam a região dos olhos, transmitidos por moscas típicas de árvores frutíferas, que se proliferam no verão. O exemplo mais comum é a Thelazia, também transmissível ao humano.
vermes em cães2

Sintomas de vermes em cães

Alguns dos principais indicativos:

  • Diarreia, até mesmo com sangue;
  • Perda de peso;
  • Pelos desidratados;
  • Vômitos (às vezes com os vermes);
  • Febre;
  • Perda de apetite;
  • Fraqueza;
  • Tosse;
  • Abdômen inflamado;
  • Anemia;
  • Palidez das mucosas;
  • Desnutrição;
  • Atraso de crescimento;
  • Problemas de coagulação;
  • Tromboembolismo pulmonar;
  • Insuficiência hepática;
  • Perda de pelos ao redor dos olhos;
  • Secreção ocular.

Porém, em alguns casos, os sintomas não são perceptíveis, então atente-se ao calendário de vermifugação e vacina dos cães e recorra ao médico veterinário em casos de sintomas.

Como prevenir verminoses em cães?

vermes em cães3

O veterinário Cabral relata que “Um dos grandes problemas dos parasitas intestinais é que a maioria deles são zoonóticos, ou seja, transmitidos dos animais ao homem. Assim sendo, prevenir e tratar as verminoses dos cães e gatos não é somente um cuidado em relação ao animal, mas um ato de saúde pública e proteção à família”,

Vermes em cães são tratados com veterinários, mas, sempre que possível, tome cuidados especiais com a saúde do seu pet! As melhores formas de prevenir as verminoses são:

  • Observe a recomendação do vermífugo. Em filhotes, é necessário medicar o cachorro entre os primeiros 30 dias de vida, repetindo a dose de 1-3 vezes, com intervalo de 15 dias;
  • Limpe as mãos sempre que voltarem de passeios;
  • Leve seu dog para um check up anual com o veterinário, o profissional é responsável por regular o uso de vermífugo;
  • Sempre oferecer água potável ao seu pet;
  • Tenha cuidado especial em épocas mais quentes quando os mosquitos aparecem com mais frequência;
  • Mantenha o calendário de vacinação e vermífugos em dia;
  • Evite deixar os pets em lugares sujos, como em ruas e parques sem supervisão;
  • Deixe os dogs domiciliados, sem acesso livre aos lugares externos;
  • Cuide da interação do seu cachorro com outros animais;
  • Ofereça espaços com enriquecimento ambiental para seu dog: os ambientes são ótimos para eles se divertirem sem medo de transmissão de doenças e parasitas.

Como é realizado o tratamento em casos de vermes em cães?

Vale ressaltar que, a receita de remédios e tratamentos adequados sempre partem do profissional veterinário. Então, em qualquer caso de suspeita, leve-o ao médico veterinário, pois é ele o responsável por identificar e tratar os vermes nos cães.

Em geral, utilizam-se medicamentos antiparasitários com doses diferentes para expulsão e morte dos vermes, porém, algumas exceções são mais graves e podem acarretar um tratamento mais integral e cuidadoso.

A questão dos vermes em cachorros é muito importante para a saúde pública, já que os tutores também podem ser contaminados quando entra em contato com esses vermes.

vermes em cães4

Cuide da saúde canina com o Clube Pets

Para melhorar a qualidade de vida do seu cão, conheça o Clube Pets! Nossa equipe veterinária que irá te ajudar no cuidado do seu animal de estimação e oferecer o melhor tratamento canino. Além do serviço com o médico, temos a creche para cachorro perfeita para seu pet se divertir em segurança, espaço com enriquecimento ambiental que estimula positivamente seu companheiro.

Entre em contato pelo WhatsApp: (41) 99181-5028 e telefone (41) 3254-5844.

Referências bibliográficas

Incidência de verminose em cães e gatos no município de Bauru – Osni Álamo Pinheiro Junior, Rodrigo Martins Giansante Ribeiro

Ricardo Cabral – veterinário da Virbac, 2019.

creche para cachorro, Saúde canina
About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *