E-mail: contato@clubepets.com.br

Blog

09/08/2021

Como identificar e tratar depressão em cães?

 

Quanto mais tempo os animais convivem com os humanos, mais eles espelham nosso comportamento, é natural que eles sintam alegria, tristeza e outros sentimentos que sentimos, entretanto, não podemos codificar da mesma maneira que ocorre em nós. Alguns sentimentos podem nos adoecer, o mesmo ocorre com nossos cães, vamos entender como isso afeta nossos cachorros?

O estado de tristeza extrema, ou apatia e ausência de motivação pode se aflorar em nossos cachorros, vamos listar algumas das possíveis causas de depressão em cães.  

Depressão em Cães

Com a popularização do termo depressão, houve uma banalização da doença, é preciso enfatizar que em humanos e pets, a condição é séria e cabível de tratamento. Para a comunidade veterinária é evidente que o cão é um ser capaz de sentir emoções, por esse motivo podem sofrer com o desequilíbrio delas.

Um dos maiores obstáculos a superarmos é que nossos cachorros não podem conversar sobre seus sentimentos, já pensou possuir uma carga de emoções negativas e nenhuma forma de comunicar seus sentimentos?

O estado de tristeza extrema, ou apatia e ausência de motivação pode se aflorar em nossos cachorros, vamos listar algumas das possíveis causas de depressão em cães.  

Fatores que podem desencadear a depressão em cães

Seja por um desequilíbrio químico, como o excesso de cortisol, ou um acontecimento que gere um impacto emocional, é possível que a depressão em cães tenha um evento inicial, iremos explicar alguns possíveis desencadeadores:

  • Dependência emocional exacerbada, principalmente em relação a presença/ausência do tutor, situações de solidão ou falta de atenção podem entristecer o cão;
  • Estresse, quando o dia a dia do seu cachorro gera situações estressoras, o sentimento contínuo pode ocasionar distúrbios;
  • Mudança no ambiente, ele é parte importante de como seu pet interage no mundo, mudar de ambiente, como mudanças de localidade, e mudanças no ambiente a que o pet está acostumado podem trazer desconforto emocional;
  • Adestramento inadequado, quando a tentativa de educar é punitiva;
  • Maus tratos em geral causam traumas e desequilíbrios emocionais;
  • Falta de estímulo, seja emocional, físico ou mental, não ter nada de novo e desafiador pode levar o seu cão ao tédio;
  • Perdas de um membro da família, humano ou pets, seja por morte ou ausência de convívio, como acontece com casais que se separam;
  • Novos membros da família, humanos ou pets, em um primeiro momento o convívio forçado com um novo membro pode assustar o cão;
  • Doença crônica ou duradora, se seu cachorro passa por tratamento longo de alguma condição que afetou sua rotina, ele pode se entristecer.

Sinais de depressão em cães

Como posso identificar se meu cão está deprimido? Observe os seguintes comportamentos:

  • Falta de apetite;
  • Mudanças de peso;
  • Apatia;
  • Resistência ao toque;
  • Resistência a aproximação do tutor;
  • Falta de envolvimento em atividades antes prazerosas, como brincar, comer e passear;
  • Lambedura excessiva;
  • Mordidas em si mesmo;
  • Agressividade;
  • Sonolência.

É no excesso de alguns desses sintomas e na presença de vários deles que podemos identificar um quadro depressivo canino. É importante consultar um profissional veterinário, pois apenas com ajuda profissional você conseguirá entender se o quadro é devido à depressão ou outras doenças.

Pandemia e a depressão em cães

Um dos elementos mais importantes para a saúde emocional de seu cachorro é uma rotina apropriada e estável, infelizmente durante a pandemia de Covid-19 esse elemento tem sido complicado de manejar.

O momento, também, propicia algumas das situações citadas acima, como a dependência emocional que pode ser gerada no convívio de mais horas em casa, a falta de estímulos físicos pelos passeios reduzidos e a perda de entes queridos.

Mas, não se preocupe, iremos te auxiliar na tarefa de melhorar a qualidade de vida do seu cão durante esse tempo.

Como é o tratamento para depressão em cães?

Além de causar um estado emocional desconfortável para seu pet, a depressão afeta a saúde física. O excesso de cortisol encontrado em cães com o quadro prejudica a imunidade, deixando seu dog mais suscetível a outras enfermidades. Por isso, é tão importante zelar pelo físico e emocional de nossos cachorros.

Primeiro passo: diagnóstico

Nos primeiros sinais dos sintomas o ideal é procurar um veterinário para poder estabelecer o tratamento correto. Como nossos animais não podem nos contar o que sentem, o profissional da saúde canina faz uma investigação para descobrir qual é a origem dos sintomas apresentados, algumas doenças têm sintomas muito similares, é preciso um diagnóstico para tratar adequadamente.

Aqui no Clube Pets possuímos uma equipe para te auxiliar!

Estabelecendo um tratamento

O veterinário irá sugerir um conjunto de ações, que podem envolver um ajuste na alimentação, intervenção farmacológica, tratamentos alternativos e estabelecimento de rotinas.

Como evitar a depressão em cães:

Vamos cuidar de nossos amigos peludos? Selecionamos algumas dicas para te ajudar:

Presença, esteja presente na rotina do seu cão, dedique um tempo de qualidade, dê atenção completa nesse período, seja conversando, passeando ou brincando;

Rotina de passeio, tenha uma rotina de saídas, seguindo os horários indicados para a estação;

Cuidados com saúde e higiene, mantenha as vacinas, vermífugos e consultas em dia, esteja atento aos banhos e escovação;

Rotina de atividades, cães precisam de rotina! Insira um conjunto de atividades no dia a dia, como brincadeira diárias, idas a creche (2 a 3x por semana) e passeios;

Sono, cuide do sono do seu cachorro, ele é essencial para a saúde física e emocional ;

Enriquecimento ambiental, preencha a vida do seu animal de estímulos positivos.

 

Saúde mental canina é prioridade.

Nós do Clube Pets priorizamos a saúde física e mental do seu cão, continue acompanhando nossos conteúdos. Nossa equipe veterinária está disponível para te atender, entre em contato.

 

 

Saúde caninca
About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *