E-mail: contato@clubepets.com.br

Blog

18/05/2022

Feromônios para cachorros: o que são, como funcionam e como usar

Nós tutores sempre ficamos curiosos em como nossos cãezinhos se comportam, e isso não é diferente quando vemos que eles se relacionam de uma forma muito única com os cheiros ao redor.

Afinal, por que os cães marcam territórios e cheiram outros animais de estimação? Tudo isso é explicado pelo feromônios.

Os pets possuem uma sensibilidade olfativa que serve para a própria proteção deles, e a ciência já está desenvolvendo feromônios sintéticos para acalmar os nossos dogs.

O que é feromônio para cachorros?

A etimologia da palavra feromônio vem do grego pherein (transportar) e hormone (estimular). Os famosos feromônios caninos são substâncias químicas naturais, com função de comunicação e comportamental.

Os pets conseguem identificar cães de outro gênero para acasalamento e reconhecer odores diferentes para sobrevivência, apenas com o faro! Sensacional essa habilidade, não é mesmo?

De acordo com o artigo O uso dos feromônios sintéticos na clínica veterinária comportamental de Marcelo Henzel e Daniela Ramos, há seis grandes fontes de feromônios, são eles: área facial, complexo podal, complexo perianal, complexo mamário, urina e fezes.

Para que servem os feromônios?

Os feromônios desencadeiam uma resposta emocional inconsciente, independentemente de qualquer aprendizagem prévia, pois os neurônios do órgão vomeronasal se ligam principalmente ao sistema límbico, sem passar pelo córtex cerebral. (Henzel, MV; Ramos, 2019)

Com as informações captadas pelo cérebro, os cães se comunicam e entendem alguns aspectos, como:

– Gênero;

– Personalidade canina;

– Estado emocional;

– Atração sexual.

Por terem um olfato potente, há veterinários e cientistas que desenvolvem feromônios artificiais para adestramento canino, adaptação e enriquecimento ambiental, como é o caso do Adaptil.

Como funcionam os feromônios?

Os feromônios sintéticos funcionam com intuito de acalmar os pets e facilitar o processo de aprendizagem no adestramento! Por isso, muitos tutores utilizam feromônios artificiais para ensinar comportamentos mais saudáveis, estimular novas habilidades e corrigir determinadas ações.

A feromonioterapia é uma inovação do mercado e pode ser utilizado em diversas situações.

Ainda mais, os feromônios sintéticos buscam “imitar” os feromônios que os animais produzem para acalmá-los em situações de estresse, por exemplo. Essa é uma das soluções que o Adaptil proporciona.

Adaptil e os feromônios: qual a relação?

Em primeiro lugar, vale ressaltar que Adaptil é um produto não medicamentoso, comercializado pela empresa CEVA, com odor igual aos das fêmeas caninas lactantes, utilizado para acalmar os cãezinhos em diversas situações, por exemplo:

– Lares desconhecidos, os quais eles podem se sentir inseguros;

– Novos membros das famílias;

– Em viagens;

– Medo de fogos de artifício e trovões;

– Dificuldade de andar de carro.

Os cientistas Danenberg e Landsberg (2008) relataram que “o Adaptil facilita o aprendizado de filhotes durante puppy classes “aulas para filhotes”, determinando diminuição de medo e ansiedade, mais interações lúdicas, melhor sociabilização e desempenho nas aulas, e menos latidos/agitação”.

O produto é uma ótima opção para auxiliar na ansiedade e é muito inovador no mercado veterinário, pode confiar!

Por isso, no Clube Pets nós utilizamos na hora do almoço e no soninho, para que seu pet fique sempre confortável e relaxado, sempre com supervisão de médicos e especialistas no assunto, garantindo o bem-estar com a feromonioterapia!

Adaptil é para todos os cães?

É importante ressaltar que cada animalzinho possui o seu feromônio! Os dos gatos são análogos ao odor do rosto dos felinos, e nos cães é o odor materno, é o que relata a gerente de CEVA.  

De acordo com a médica veterinária Daniela Ramos, “o feromônio sintético usados nos cães é o Adaptil […] ele imita a substância liberada pelas cadelas logo após o nascimento dos filhotes. É um feromônio que acalma. Ele é indicado para situações em que o cão sente muito medo, preocupação ou ansiedade.”

Os benefícios do Adaptil são diversos, entre eles podemos citar que:

– Não é um medicamento! O que diminui os riscos de contraindicações e efeitos colaterais;

– É de fácil administração;

– Não tem cheiro para nós;

– É seguro!

Mas, ainda que seja recomendado em diversas situações, o Adaptil não funciona para todos os cachorrinhos! Então, pode ser que seja necessário o responsável procurar outras metodologias para proporcionar melhor bem-estar para seu amigo.

Quem ama, cuida! O Clube Pets é atento a cada cuidado com seu pet!

No Clube Pets, além de cuidado veterinário, Day Care e Estética Animal, nós usamos o Adaptil na hora do soninho e na hora do almoço, proporcionando bem-estar, qualidade de vida e momentos mais aconchegantes a eles! Nós estamos sempre aprimorando e buscando novas formas de ajudar você e seu amigo.

Conte com a nossa creche para cachorros! Entre em contato 41 99181-5028.

Referências bibliográficas

Marcelo Henzel, MV: estagiário Psicovet Daniela Ramos, MV, MSc, PhD, Dip CLEVE: sócia-proprietária Psicovet

Henzel, Marcelo. O Enriquecimento Ambiental no Bem-estar de Cães e Gatos. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

creche para cachorro, Saúde canina , ,
About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *