E-mail: contato@clubepets.com.br

Blog

03/05/2022

13 Curiosidades sobre vira-latas: tudo sobre o cão SRD

Quem nunca viu um vira-lata na rua e teve muita vontade de adotá-lo? Se a sua resposta for sim, isso explica o fato de que o cão SRD (Sem Raça Definida), faz parte de 41% das nossas famílias, seguido pelo Poodle (11%), Pinscher (7%), Labrador (5%) e Lhasa Apso (3%), segundo dados do Jornal Estadão.

O cãozinho não tem “pedigree” e nem origem conhecida, mas nós todos amamos muito esse pet por aqui, eles são encantadores!

Por esse motivo, iremos falar algumas curiosidades sobre os vira-latas.

Origem

Os SRD são cachorros sem ancestralidade conhecida, pois são misturados com outras raças, ou seja, a árvore genealógica dos dogs sem raça definida variam de acordo com a individualidade de cada animal.

Há uma lenda que o termo vira-lata surgiu da fama de que os cachorros ficaram muito nas ruas, por isso, era comum vê-los revirarem latas e sacos de lixo em busca de alimento. Em geral, eles são descendentes dos lobos selvagens e primo das raposas.

Atualmente, o vira-lata é o patrimônio mais fofo do Brasil! São únicos, diversos, espertos e ótimos para companhia dos tutores.

Descrição técnica

Está aí um tópico extenso! O cachorro vira-lata pode ter todos os tamanhos, cores e variedades diferentes. Ou seja, tem vira-lata de porte pequeno, médio e grande!

No quesito cores, temos o famoso vira-lata caramelo, fulvo, branco, preto, canela e combinações que os tornam únicos na pelagem e na personalidade.

As heranças genéticas do cão SRD são diversas, porém, existem algumas combinações mais comuns. O padrão médio geralmente envolve cães com pelos curtos, de cor escura ou creme.

Os cachorros Sem Raça Definida têm um diferencial interessante: expectativa de 16 anos! Em comparação aos outros, eles são mais resistentes, por conta da variação genética e combinação de raças.

Curiosidades sobre vira-latas

Preparado para se apaixonar ainda mais pelos vira-latas?

1. O nome mais comum entre os vira-latas é Mel! Em seguida vemos Luna e Nina. Na categoria de nomes masculinos, temos Thor, Luke e Bob;

2. Os cães SRD são 100% brasileiros, como já imaginávamos. Em outros países, cães com várias raças misturadas são chamadas de “mixed breed”, como o “bassetoodle” (cruza entre o basset hound e poodle), porém, apenas aqui no Brasil temos os vira-latas!

3. Os vira-latas têm uma saúde de ferro! Por passarem por uma vasta seleção natural e não serem resultados de cruzas propositais, os cães SRD são mais “saudáveis” em comparação aos cães de raça. Isso se dá pelo motivo de terem menos predisposição de doenças ou síndromes, como os Shih Tzu com a síndrome braquicefálica. Mesmo assim, todo tutor deve levar seu amigo ao veterinário periodicamente e acompanhar o calendário de vacinação;

4. O cãozinho tem vários apelidos, como “tomba lata”, “guapeca”, “rasga saco” ou “pé duro”, mas o correto é chamá-los SRD (Sem Raça Definida);

5. Os cachorros SRD têm temperamentos diversos, mas são carinhosos, brincalhões e parceiros, fiéis e amam seus tutores. Dê muito cafuné e carinho ao seu cachorro;

6. O olfato do SRD é praticamente biônico! São capazes de diferenciar cheiros e gostos, principalmente por muitos deles terem vivido na rua e precisarem distinguir os alimentos dos sacos de lixo, a fim de garantir a sobrevivência;

7. A idade média dos vira-latas no Brasil é de 2 e 4 anos;

8. As fêmeas Sem Raça Definida têm a capacidade de reproduzir com mais facilidade, com cios frequentes. Por isso, leve sua cachorrinha ao veterinário para realizar a castração. Pois, ela pode ter até 8 filhotes por gestação;

9. A castração serve para diminuir os casos de piometra (inflamação uterina que afeta a saúde das cadelas);

10. Pela diversidade e diferenças dos SRD, algumas condições são mais comuns no dog, como: displasia de quadril e obesidade, leve sempre seu amiguinho ao veterinário!

11. O vira-lata já foi cotado para estampar a cédula de R$ 200, sabiam? Essa notícia se tornou viral e chegou até o Banco Central, porém, o lobo-guará foi o escolhido da vez. Na peça publicitária, o vira-lata “pede” para que os cidadãos recebam o “caramelo do cerrado”;

12.  O termo “vira-lata” já teve menção pejorativa, cunhada pelo dramaturgo Nelson Rodrigues. O “Complexo de vira-lata” dissertava sobre a síndrome do brasileiro sempre se sentir inferior em relação as outras pessoas do mundo. Porém, hoje em dia o cãozinho já tem todo nosso amor;

13. Quem ama, cuida! Enriquecimento ambiental é muito importante para os cachorros, isso inclui os Sem Raça Definida! Todo tutor irá amar ver seu companheiro tão feliz se divertindo com amiguinhos na creche para cachorro.

Quer cuidar do seu vira-lata (SRD)? Tudo que você precisa no Clube Pets

Aqui no Clube Pets nós temos profissionais qualificados para atender você e seu pet com carinho e atenção. Nós atendemos os cães SRD mais amados do Brasil, temos Day Care, creche para cachorros.

Entre em contato conosco 41 99181-5028 e ofereça o melhor para seu companheiro.

creche para cachorro, Saúde canina , , , , ,
About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *